Religião Geral Mitologia Grega

Qual o significado do ouroboros? Definição, história e exemplos

Certamente você já se deparou com a imagem de uma cobra ou um dragão devorando a própria cauda. A imagem se refere à ouroboros. O nome vem do grego antigo: οὐρά (oura) significa “cauda” e βόρος (boros), que significa “devora”. Assim, a palavra designa, de maneira literal, “aquele que devora a própria cauda”.

O Ouroboros já esteve presente em diversas culturas e religiões ao longo dos séculos, possuindo significados que estão ligados à criação do universo e tudo aquilo que é tido como eterno.

Veja também – Serasa

Desse modo, o Ouroboros significa, basicamente, o ciclo da vida, o infinito, a mudança, o tempo, a evolução, a fecundação, o nascimento, a morte, a ressurreição, a criação, a destruição, a renovação. Ou, em outras palavras, a constante evolução e movimentos da vida, devido o seu formato circular.

Origem do ouroboros

Embora tenha representações para diferentes culturas e religiões, o símbolo teve o seu primeiro registro em um texto funerário do Antigo Egito, no túmulo do imperador Tutankhamun. Para os egípcios, o ouroboros tem o significado de começo e fim de uma era. Na visão deles, o símbolo era uma representação da união de Ra (deus do sol) e Osiris (deus da vida, da morte e da ressurreição).

Ouroboros em múltiplas religiões

Para as religiões cristãs, o ouroboros reflete uma imagem negativa para os fiéis. A serpente é vista como um ser infernal, de acordo com os textos canônicos, por sua representação no primeiro livro da Bíblia, como o animal que trouxe a maldade.

Por outro lado, na maior parte das culturas pré-cristãs, o ouroboros representava sabedoria.

No Budismo, o Ouroboros representa o olhar para si como forma de evoluir espiritualmente, marcado pela ausência de início e fim.

Além disso, o símbolo também é representado em religiões africanas como uma figura sagrada pois faz referência ao semideus Aidophedo, aquele que morde a própria cauda.

Em outras religiões, apesar da variação de crença e maneira como é simbolizado, o ouroboros ainda trás essa perspectiva de renovação, ciclo, eternidade e afins. “o Ouroboros é a representação dos ciclos de experiência da alma humana.”

Qual o significado do símbolo do dragão? E o da cobra?

Partindo do pressuposto de que a serpente representa vida terrena e círculo; e o dragão, que remete energias mais primitivas, o inconsciente, os desejos ocultos, a força primitiva, os poderes do psiquismo; existem duas diferentes representações de ouroboros.

O ouroboros sendo representado por uma serpente significa, de maneira geral, ciclos da vida, onde o fim é um novo começo. Se relaciona, também, ao movimento cíclico e evolutivo de cada ser.

Já o ouroboros representado por um dragão engolindo a própria cauda, expressa o significado de domínio sobre a natureza instintiva, o desvendar do inconsciente, o Espírito dominando os instintos e a ignorância sendo tragada pela sabedoria.

Tatuagem de ouroboros

O ouroboros é um símbolo que vem expresso de diversas formas, desde pingentes e amuletos, até tatuagens na pele, veja alguns exemplos:

ouroboros

ouroboros

ouroboros

O ouroboros, embora seja representado normalmente por uma cobra ou um dragão, pode ser representado por qualquer outro animal, levando sempre em consideração essa perspectiva de ciclo, de algo eterno, de renovação.

Artigos relacionados:

 

About the author

Vitória Alice