Expressões em inglês

Highlights: tradução, conceitos, aplicações e significados

Highlights (com pronúncia “ráiláits”) é um termo de significado variável, pertencente à língua inglesa. Sua tradução depende do contexto em que a palavra está inserida, sendo passível de diversas interpretações.

Highlights é um plural da expressão highlight, que significa  “ponto de maior luminosidade em um quadro ou fotografia”. Vem também dos verbos realçar, iluminar, ornar com determinada iluminação.

O termo é formado por duas palavras: high e lightsHigh, sendo um substantivo, indica um local que é elevado, alto. Também é adjetivo e faz referência ao que pode ser:

  • Superior;
  • Sublime;
  • Nobre;
  • Importante;
  • Ilustre.

Já lights, que é um plural da palavra light, quer dizer iluminação, luz, claridade.

Tendo como base um sentido mais figurado, highlights se usa quando o locutor quer expressar:

  • Certo momento que possui difícil conjuntura;
  • Um momento de crise;
  • Uma situação atípica, anormal.

Highlights e suas diversas aplicações

Highlights no cabelo

A expressão também serve como descrição de uma tendência que se referente a procedimentos estéticos no cabelo. Fazer highlights quer dizer fazer mechas nos fios com colorações diferenciadas, tendo como objetivo o realce e destaque do visual.

Diversas pessoas fazem confusão do ombré highlights – denominação correta da técnica de tingimento do cabelo – com as famosas mechas californianas. Contudo, mesmo que sejam coisas parecidas, possuem diferenças reconhecíveis.

A técnica das mechas californianas baseia-se na descoloração da ponta dos cabelos. Enquanto isso, o ombré highlights consiste em fazer uma descoloração mais uniforme, longa e suave, tomando quase todo o cabelo, de modo degradê.

Highlights em eventos

O termo também significa o ponto alto ou as partes mais importantes de algum evento ou confraternização. Assim, os highlights de um jogo de futebol, por exemplo, são as jogadas mais bonitas, os lances de gol ou acontecimentos polêmicos que marcaram a partida.

A expressão é também bastante utilizada naquelas disputas de luta livre que costumamos ver na televisão. Entre elas estão o UFC (Ultimate Fighting Championship) e o WWE (World Wrestling Entertainment), que provavelmente todo mundo já ouviu falar.

Highlights nos artigos científicos

O termo é usado para nomear uma coleção pequena de marcadores que difundem os achados principais, além de oferecer um resumo amplo, mas rápido do texto.

São usados de 3 a 5 marcadores para se descrever o sentido da pesquisa, por exemplo, as conclusões e resultados, destacando os seus diferenciais.

Os highlights aparecem exibidos nas listagens dos resultados das pesquisas, nas listagens de conteúdos e nos artigos online, mas não aparecem quando está em PDF ou no artigo impresso.

Highlights na fotografia

Os highlights, no universo fotográfico, são uma ou mais áreas nas imagens fotografadas que tiveram destaque no brilho. Como citamos acima, uma das traduções da palavra é “realce”.

Sendo assim, o termo indica os pontos que possuem realces nas luzes dentro da composição da fotografia. Para que fique com o entendimento mais simples, os pontos onde se deu um maior brilho.

Tais pontos que realçam a luz poderão ser intencionalmente produzidos, como uma parte do linguajar fotográfico do autor. Podem também ser catastroficamente produzidos de maneira involuntária e, nesses casos, costuma-se dizer que “a luz estourou”.

Nas mídias sociais (Instagram)

Muitas pessoas adorariam que os stories do Instagram tivessem uma duração maior que 24 horas. Pois, de uns tempos para cá, isso é plenamente possível.

Highlights é ferramenta que possibilita a condição. Quem usa a plataforma é capaz de fazer coleções dos seus stories favoritos e exibi-los de forma definitiva. Elas, as coleções, ficam na barra horizontal que se localiza entre as fotos e a bio.

Com seu uso, as pessoas conseguem agrupar uma série de stories, estruturando, por exemplo, em temas, tais como: “comida”, “viagens” e “tecnologia”. E, ainda melhor, tudo fica fixado no perfil, de forma que seguidores e visitantes acessem sempre que quiserem.

Os highlights se mostram bem úteis no caso de alguém querer se expressar sob ângulos diferentes do dia a dia ou da personalidade. Esta é uma nova forma de expressão dentro da mídia social.

Os usuários podem criar certas narrativas, deixando-as para um público específico que os acompanha.

Marcas, empresas e perfis sobre produtos com certeza encontraram na ferramenta uma ótima oportunidade. Eles agora passaram a repensar as abordagens publicitárias fazendo uso dos posts com os stories “fixos”.

Highlights no turismo

A expressão é usada na área de turismo para destacar os lugares que impressionam por sua beleza e singularidade. Por exemplo: “Highlights of Germany” (Destaques da Alemanha) ou “Highlights of Paris” (Destaques de Paris).

Highlights na informática

A expressão refere-se à ação ou processo de fazer um objeto se destacar do restante dos objetos na tela. O que é realçado pode ser um bloco de texto selecionado, opções de menu ou botões de comando.

Ele geralmente ganha o realce quando ocorre uma sequência de cliques pelo teclado ou mouse, aparecendo mais proeminente do que o que o cerca.

Com o mouse, faz-se mantendo pressionado o botão esquerdo e arrastando o ponteiro sobre a área a ser selecionada. Para escolher usando um teclado, uma combinação de teclas de deslocamento e setas ou outras combinações de teclas como ctrl + A também são usadas.

O highlight, normalmente, se diferencia do restante da composição que está na tela com uma variedade de sugestões visuais. Ele pode ser mostrado em azul, ter pontos ao redor da seleção, ter linhas em negrito o circundando ou ficar com a sua cor invertida.

Embora a maior parte do destaque seja removida após a seleção do objeto, o realce permanente pode ser feito em determinados aplicativos. Em programas como o Word e um leitor de PDF como o Acrobat Reader, por exemplo, para tornar certas partes do conteúdo proeminentes e fáceis de perceber, basta colori-las.

O destaque, na maioria dos casos, é usado para mover, copiar ou cortar o item selecionado. Também permite que o objeto, se for uma pasta ou arquivo, seja aberto, visualizado e manipulado.

Programas como o Microsoft Word permitem que os usuários selecionem partes do texto em cores diferentes, conforme sua escolha. Isso permite que eles usem os documentos digitais da mesma forma que usariam os físicos quando estes são destacados com um marca texto.

As páginas da web também podem usar highlights para enfatizar determinadas ações dentro dos sites com a ajuda de HTML e CSS.