Língua Portuguesa

O que é sinceridade? Significado da palavra

Algo cada vez mais raro de se encontrar, a sinceridade também é uma palavra com uma origem que apresenta até mesmo seu conceito como uma fonte de inspiração para todas as sociedades modernas.

Você quer saber que origens são essas, quais os significados do termo e suas aplicações (nada frequentes) em nosso cotidiano?

Veja também – Significado de recepção

Fique ligado porque nosso artigo promete o que cumpre. Afinal, todos nós precisamos ser francos e deixar essa sinceridade permear nossa consciência e a vida de quem nos rodeia.

Sua definição

Sinceridade é classificado na língua portuguesa como um substantivo feminino, apresentando o conceito relacionado a quem é sincero. Pela análise de sua origem etimológica, o vocábulo tem ligação com a palavra do latim sinceritas, de significado semelhante à definição de um indivíduo transparente, franco e de lisura.

Mas esse conceito ainda pode ir além, beirando o altruísmo e designando à palavra “sinceridade” certa personalidade ou caráter de alguém. Dessa forma podemos dizer que o termo é uma virtude que pode se traduzir pela conduta honesta, verdadeira, franca e leal de determinada pessoa.

Para os padrões modernos, podemos definir “sinceridade” como o ato de dizer o que você realmente acredita e pensa, embora já deva saber que tal atitude certamente irá te prejudicar.

Sendo assim, uma das melhores definições para o termo é notar que ela combina tanto verdade quanto franqueza. É por esse motivo torpe que muitos indivíduos evitam a sinceridade, pois, ao usarem mentiras, acabam por manipular as demais pessoas ao seu redor para obter benefício próprio.

Como exemplo, digamos que um colega pergunta se você gostou de sua nova moto. Ao tempo em que você diz que sim, mesmo pensando que não, pode-se ser classificado como ausência de sinceridade. Entretanto, vale lembrar que viver como uma pessoa sincera é possível sem ter que chatear e magoar pessoas ao comunicarmos opiniões.

sinceridade

Significados do termo

O emprego do termo “sinceridade” tem seu uso voltado para definir o caráter, a personalidade e até mesmo as atitudes de certos indivíduos. Assim, ao dizermos que uma pessoa agiu com sinceridade, significa que estamos mencionando que sua intenção não era a de ludibriar o outro.

Em síntese, o indivíduo sincero é definido como uma pessoa comprometida com a verdade, embora realize ações e fale opiniões conforme pensa e sente mediante determinadas situações. Dessa forma, é muito comum que eles se sintam responsáveis pela verdade de cada fato, independentemente a quem se referem ou do que tratam.

É por esse motivo que muitas pessoas são mal interpretadas de modo geral por quem não divide a mesma personalidade e acabam chamando-as de ríspidas e grossas e até frias. Mesmo assim, o importante é agir com sinceridade, falar e argumentar a verdade sem qualquer tipo de polidez, manipulação psicológica ou armadilhas linguísticas.

Sinônimos de sinceridade

Conforme defendemos aqui, mesma com pouca sinceridade entre as pessoas, vale a pena você aprender uma série de sinônimos para enriquecer de verdade seu vocabulário.

  • Autenticidade;
  • Axioma;
  • Realidade;
  • Veracidade;
  • Correção;
  • Franqueza;
  • Dignidade;
  • Exatidão;
  • Honestidade;
  • Honra;
  • Lealdade;
  • Lisura;
  • Nobreza;
  • Retidão;
  • Probidade;
  • Seriedade;
  • Rigor;
  • Integridade.

Os antônimos de sinceridade

Apesar da falta de sinceridade ser um dos grandes problemas para as pessoas de boa-, ainda precisamos aprender, com os antônimos listados abaixo, quais os sinônimos do vocábulo empregados em inúmeras sentenças do nosso dia a dia.

  • Hipocrisia;
  • Armadilha;
  • Blefe;
  • Astúcia;
  • Arapuca;
  • Burla;
  • Cambalacho;
  • Arteirice;
  • Embuste;
  • Cilada;
  • Artifício;
  • Dolo;
  • Embromação;
  • Conluio;
  • Engenho;
  • Fingimento;
  • Artimanha;
  • Engano.

sinceridade

Exemplos em frases

  • Tudo que é lindo me encanta, mas apenas a sinceridade me fascina;
  • Pouca sinceridade sempre foi algo perigoso, mas sinceridade demais pode ser letal;
  • Seja verdadeiro e sincero na sua vida, pois a sinceridade é o primeiro passa para herdarmos o mundo;
  • Generosidade e sinceridade, quando não equilibradas, podem conduzir à ruína;
  • O problema de quem é sincero é achar que todas os outros o são.

Sinceridade e honestidade

Você já deve (ou pode) ter se confundido com os vocábulos sinceridade e honestidade em algum momento da sua vida. Mas, e agora, é capaz de diferenciá-los? Fique calmo, porque essa confusão entre os sinônimos pode ser resolvida.

Preste atenção no seguinte exemplo, quando uma pessoa diz: “Eu confesso, fui eu que roubei o seu carro”, ela foi sincera, porque admitiu que cometeu o crime. Apesar disso, ela não foi honesta, porque cometeu um ato ilícito, que vai contra as normas morais da honradez e decência.

O termo “sincera”

O vocábulo “sincera” tem sua origem como o resultado da união de duas palavras do latim: sine e cera. Entretanto, a versão mais popular para o surgimento da palavra surgiu na cidade italiana de Roma.

Isso porque, no local, escultores pilantras, ao esculpirem as estátuas feitas de mármore que apresentassem defeitos mínimos como pequenas imperfeições, detalhes ou trincas na produção ou no material, costumavam empregar uma determinada cera para esconder e ocultar e esses erros. Tudo para impedir que os clientes e compradores das estátuas pudessem notá-los.

Assim, dessa forma, o tempo passou e, anos depois, esses clientes que compraram as estátuas acabaram descobrindo o golpe e as batizaram de escultura cum cera. Por outro lado, aproveitando a oportunidade, os artistas que eram honestos faziam questão em pronunciar que suas obras de arte eram intactas e sine cera, ou defeitos escondidos.

O que importa não é ponto de vista dessa ou de outras versões. Seja no passado ou no futuro, o vocábulo conhecido como “sincera” ganhou força e atravessou séculos para continuar a ser empregado de forma justa e verdadeira, assim como o sentido histórico e o significado original.

Afinal, todos nós deveríamos usar os termos “sincero” ou “sincera” muitas vezes mais em nosso cotidiano, mas para definir nossos amigos e trabalho à nossa volta. Confira alguns simples exemplos para você ver como é fácil empregá-la em nosso cotidiano:

  • Mas, sinceramente, estou falando que você é meu melhor amigo;
  • Mas eu sempre fui sincero a você, por isso sua aprovação foi com louvor.

Com pequenos gestos, podemos também detectar que certa pessoa é sincera pois fala apenas o que pensa e sente, sem dissimulações, malícia e malandragens. Basta falar com sinceridade.

About the author

yasmin