Expressões em inglês

Xoxo: gíria americana para “abraços e beijos”

Não confunda com “roxo” e com isso se lembrar de uma célebre frase de um ex-presidente brasileiro nada célebre (“eu tenho aquilo roxo”), pois apesar de graficamente ser bem parecida, xoxo se pronuncia de forma bem diferente e seu significado em nada se aproxima com a cor ou com a ex-genitália presidencial. A pronúncia de xoxo é algo como “écs-ôu-écs-ôu”.

E o que diacho vem a ser xoxo?

A julgar pela pronúncia bem distante da que seria mais lógica se fosse português é que se trata de um termo estrangeiro, um estrangeirismo. Sua origem é americana, norte-americana e é muito frequente de ser usada em ambiente virtual para marcar uma despedida.

Apesar de simbolizar uma expressão popular, xoxo não é considerada uma abreviação, mas uma gíria. Além disso, a origem de sua formação recebe mais de uma teoria, de uma explicação.

Conheceremos todas essas histórias, o significado e porque é utilizada em finais de mensagens, especialmente em redes sociais.

Para saber mais sobre a história, o significado, o uso de xoxo, basta prosseguir na leitura e conferir os tópicos abaixo.

Confira!

O significado da gíria xoxo

A palavra no idioma inglês é uma gíria. Isso significa que xoxo não é utilizado de modo formal, mas informal, integra uma série de termos e expressões que somente são ditas fora do contexto acadêmico, da norma culta, mas nas ruas, na linguagem corriqueira, popular e informal que o povo fala normalmente entre si, nas conversas animadas no restaurante, nos bares, nos transportes públicos, nas padarias, na balada, nos estádios de futebol.

É como nos depararmos com os regionalismos de determinadas expressões no Brasil que não se encontram no dicionário, porque são expressões novas, neologismos, contudo, com o passar do tempo acabam sendo reconhecidas como novas expressões.

Mas essa gíria se refere a quê? Talvez nos pergunte. E a resposta é:

Xoxo, apesar de não ser considerado uma abreviação, é a representação da frase, da expressão, das saudações expressas em “abraços e beijos”.

Por essa razão a gíria é usada com frequência entre os norte-americanos para sinalizar o fim de uma conversa, já que encerra de forma meiga e afetuosa uma interação e de modo mais dinâmico.

Por que recebe esse nome?

Como deve ter reparado os termos na qual em tese condensa, abraço e beijo, têm estrutura, pronúncia bem diferente do que xoxo e escrita também. O que leva a pergunta por que afinal foi criado esse símbolo para fazer referência as expressões citadas sem que, aparentemente, não tivesse nenhuma ligação, não fizesse nenhuma menção direta aos termos que representa?

Tem mais a ver com as formas das letras do que pelo som das palavras ou por uma mistura banal de letras, sílabas de uma palavra e outra.

X = beijo, O = abraço

Alguns pesquisadores apontam que xoxo teve origem como forma de simbolizar os gestos de despedida ou saudações “abraços e beijos” ao se perceber que a letra “X” representaria dois lábios se tocando, ou seja, simbolizaria o gesto universal conhecido como beijo.

E caberia o “O” a questão do abraço. Requer um pouco de imaginação, uma forçadinha, mas com boa vontade você pode enxergar, imaginar, dois pares de braços abertos que ao se conectarem, isto é, fizerem a ação de se abraçarem, formariam a vogal. Então você junta a beijoca do “X” com o abraço do “O” e temos um símbolo de abraços e beijos, o xoxo, duas palavras por uma pequena, mais fácil de digitar.

Mas não é a única explicação quanto a origem do xoxo. Existe outra que é muito parecida com a primeira, troca-se apenas as posições e por isso é difícil saber qual é a versão oficial, pois qualquer uma delas não soaria absurdo, ambas têm pontos válidos, plausíveis, admissíveis e com pontos menos prováveis.

X = abraço O = beijo

A segunda teoria sobre a origem do termo xoxo é que “X” na verdade simbolizaria o abraço. Pois se reparar na forma da letra, ela se semelha bastante com um homem em pé, de braços abertos, pronto para abraçar alguém. É aquela história, quando se quer achar uma explicação começa-se ver de tudo. Mas o “O”, que nessa teoria representaria o “beijo” tem explicação mais azeitada, menos forçação de barra. O formato da vogal representaria os lábios quando estão prestes a dá uma bitoquinha em alguém, a tascar um beijo.

Cruz e beijo

Há ainda uma versão que remonta uma prática medieval e ligada a cultura judaico-cristã.

Na idade média, era praxe que as cartas, os papiros, recebessem no final da mensagem um sinal da cruz seguido de um beijo no documento, na cruz inserida, o que viria dá inspiração para a criação do xoxo.

E por que raios se beijava as cartas antes de sela-las e enviá-las aos destinatários?

Era uma forma de demonstrar respeito, um sinal de total honestidade e respeito ao material que foi produzido e estava sendo enviado. Nesse caso, a lógica para explicar a criação do que viria a se tornar a gíria xoxo é a combinação cruzinha no final do documento, “X”, beijinho sobre a cruz no final do documento, “O”, cruz mais beijo “XO”.

Tradição judia

E o que não falta é teoria sobre a origem de xoxo. Outra que é bem difundida, mas assim como as anteriores é difícil determinar, precisar que de fato tenha sido a fonte de inspiração para a criação do termo tão em alta ultimamente, é que o termo derivou de uma tradição dos judeus recém-chegados nos EUA que em vez de assinar as suas cartas, os seus documentos, com a cruz no final do texto, assinavam com a letra “O”.

Xoxo na rede social

Para os aficionados por redes sociais, xoxo pode não ter parecido uma palavra estranha, mas não por ter ouvido em algum lugar, mas por ter se deparado no Facebook. Xoxo é uma espécie de código que se digitada em algum espaço para comentários ou  em perfil de usuário e publicada, gera uma animação especial onde surge vários pequenos corações na tela.

Gostou do conteúdo sobre xoxo?

Então curta, compartilhe, avalie.

Seu apoio é muito importante para nós.

Leia mais de nossa sessão de expressões em inglês.

Comentar